O processo de compra de um imóvel tem mudado nos últimos anos, especialmente pela migração do marketing tradicional para as assertivas e até mais baratas estratégias digitais. O que não muda, nesse caso, é a importância do corretor de imóveis nesse processo. Hoje celebramos o Dia do Consumidor, e numa transação imobiliária, que nesse caso envolve altos valores, estar bem informado é dever tanto do corretor, quanto do consumidor interessado no produto. Pensando nisso, elencamos alguns itens importantes desse processo que você cliente deve saber ou precisa perguntar ao seu corretor ou imobiliária. Confira:

Documentação e gastos extras

Um dos principais questionamentos que recebemos dos nossos clientes está relacionado a documentação que deve ser apresentada em cada transação. Esclarecer esse ponto é super importante, pois acelera o processo de compra ou venda, além de garantir a satisfação do cliente. Por isso, caso seu corretor não preste as informações, esteja pronto para questionar sobre isso.  Clicando aqui você confere um post nosso onde listamos a documentação necessária em cada caso.

O outro ponto deste item está relacionado aos gastos extras. Muita gente, especialmente os que estão comprando o primeiro imóvel, não entendem que há outros gastos envolvidos na transação imobiliária. Impostos por operação financeira, taxas de obras, condomínio entre outros gastos chamados “ocultos” existem e o consumidor deve estar preparado para não se apertar financeiramente e perder dinheiro.

Contexto econômico

É preciso que o consumidor entenda o contexto econômico do país no momento em que surge o interesse pela compra. Isso porque num momento de crise, como que a o Brasil enfrentou e está em processo de recuperação, por exemplo, a compra de um imóvel requer cuidados como o prazo de entrega da obra por parte da construtora, bem como a projeção financeira do próprio interessado na compra. Com isso, evita-se problemas jurídicos de diversas forma, como atrasos na entrega do imóvel, devolução de valores pagos em caso de destrato, e algumas outras questões de cunho financeiro.

Localização e valorização do imóvel

Se você vai vender ou comprar um imóvel, precisa ter informações não só sobre o imóvel em si, mas também sobre a região, bairro ou cidade em que ele está. Se você pretende vender, deve passar ao corretor informações úteis, como trânsito na região, segurança e facilidade de lazer e conveniência. No caso de quem está no processo de compra, é necessário entender além desses aspectos acima mencionados, se há um crescimento desenfreado na região e até se existe também um imóvel no mesmo estilo, mas com condições melhores de financiamento, prazos, entre outros.

Nível de burocracia

A burocracia é um entrave para qualquer setor da economia. E a realidade não é diferente no caso do mercado imobiliário! Primeiramente, é preciso cuidar das obrigações tributárias e fiscais, tarefa que exige grande controle de processos e atenção redobrada com prazos e preenchimento de documentos acessórios. Por mais que você não seja um especialista no assunto, é necessário entender como funcionam alguns desses processos para que possa ter ideia das ações que precisa tomar diante das transações imobiliárias que você irá realizar. Nesse caso conte com um corretor expediente, pergunte, busque informações e reúna todo o aparato necessário para ter uma excelente experiência.

Se pintar, dúvidas, o corretor de imóveis é a pessoa adequada para prestar todos os esclarecimentos. Aqui na Márcio Raposo Imóveis, você cliente tem consultoria durante todo o processo, seja para vender, alugar ou comprar um imóvel. Casas, terrenos, apartamentos, lotes ou galpões são negociados aqui com toda credibilidade que faz da nossa empresa líder em Alagoas há 30 anos. Conte com a gente!